fint
FINTECH

15 de agosto de 2021

Abaixo destacamos o mercado das fintechs nos EUA. E no Brasil qual será? Oportunidades na Fintech dos EUA.

1)
Em todos os mercados emergentes, a promessa da tecnologia financeira de elevar os níveis de inclusão financeira tem sido um ponto de discussão popular na última década. Com milhões de pessoas sem banco em todo o mundo, a capacidade de fazer com que novos usuários se inscrevam em um serviço financeiro formal por meio de um smartphone possa ter vários benefícios profundos para consumidores, empresas e sociedades.
2) Mas há outro mercado maduro para a ruptura das fintech: os Estados Unidos. Scott Galloway demonstra como os serviços financeiros dos principais bancos se tornaram estagnados nas últimas duas décadas.
Fintechs Are Zeroing in on Everything Big Banks Aren’t
3) Um quarto das famílias americanas não tem ou não tem banco.
25% of US households are either unbanked or underbanked

4) Metade das famílias sem conta bancária nos EUA afirma não ter fundos para atender aos requisitos de saldo mínimo. Parece que o setor está pronto para uma ruptura.

How America Banks: Household Use of Banking and Financial Services [pdf here] https://www.fdic.gov/anal…/household-survey/2019report.pdf


OPEN INNOVATION na ESALQ

DA SÉRIE: “O BRASIL TAMBÉM TEM ALTA TECNOLOGIA”.

ESALQ (Luis de Queiroz): DESTAQUE em CIÊNCIA & INOVAÇÃO no AGRO

VÍDEO: TECNOLOGIA de PONTA em “PIRA” … aqui tem app para medir o peso do boi (da @Tech) e app que usa IA para quantificar a doença da “ferrugem” da soja (da SmartAgri)

Especial do Globo Rural: Vale do Piracicaba é polo de empresas inovadoras do agronegócio, G1, 30.mai.2021

https://glo.bo/3yMmmuthttps://smart.agr.br/
Startup @Tech: https://techagr.com/

Startup SmartAgri: https://smart.agr.br/